Pinguins no Brasil: saiba onde encontrar e conheça a R3 Animal

Pinguins no Brasil

Os Pinguim-de-Magalhães no litoral brasileiro. Foto: Nilson Coelho/R3 Animal

Durante a temporada de inverno, é possível avistar pinguins no Brasil, em algumas praias do País. A espécie Pinguim-de-Magalhães (Spheniscus magellanicus) é a mais comumente encontrada no litoral brasileiro, desde o Rio Grande do Sul até o Espírito Santo, mas principalmente em Santa Catarina, estado com maior incidência.

Esses pinguins começam a chegar ao Brasil por volta do mês de junho, em busca de alimento. Contudo, na maioria das vezes, a trajetória dessas aves marinhas é desafiadora, e não é incomum encontrar estes animais em situação extremamente debilitada, ou até mesmo mortos.

A equipe da R3 Animal atende diversas espécies de animais marinhos.

Felizmente, diversas organizações atuam no resgate dos pinguins no Brasil, bem como de outros animais marinhos, como forma de contribuir para conservação dessas espécies e para o equilíbrio ambiental. Como é o caso da Associação r3 Animal, uma organização sem fins lucrativos, criada em 2000 e constituída por uma equipe incrível de profissionais e voluntários, que dedicam seus esforços para a reabilitação de fauna e conservação da biodiversidade, em Florianópolis-SC.

Desde 2015, a R3 Animal executa o Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) na Ilha de Santa Catarina. O PMP-BS consiste no monitoramento diário das praias e atendimento veterinário às aves, tartarugas e mamíferos marinhos debilitados e necropsia nos animais encontrados mortos.

O objetivo do PMP-BS é avaliar possíveis impactos das atividades de produção e escoamento de petróleo sobre a biota marinha. Além dos animais encontrados em Florianópolis, a R3 Animal também recebe animais marinhos resgatados por outras instituições executoras do PMP-BS em Santa Catarina para serem reabilitaDos e posteriormente liberados à natureza.

O PMP-BS é uma atividade desenvolvida para o atendimento de condicionante do licenciamento ambiental federal, conduzido pelo Ibama, das atividades da Petrobras de produção e escoamento de petróleo e gás natural na Bacia de Santos. É realizado desde Laguna/SC até Saquarema/RJ, sendo dividido em 15 trechos.

A ONG atua no resgate, reabilitação e reintrodução de animais selvagens ao seu habitat, e já reabilitou, ao longo desses 21 anos, mais de 20 mil animais, graças ao trabalho de funcionários e voluntários da R3.

A R3 busca se conectar com a população local para conscientizar sobre a importância da preservação da vida marinha e meio ambiente. Foto: Nilson Coelho/R3Animal

Para a R3, salvar vidas se inicia na conscientização e educação ambiental, por isso, paralelamente ao trabalho de reabilitação dos animais, a ONG desenvolveu também diversos projetos e ações de conscientização da população, como o Projeto #R3naPraia, e mais recentemente criou o Núcleo de Educação Ambiental, entre outros, que visam aumentar o alcance da informação pela sociedade

Os pinguins realmente sempre andam em bando e isso é inclusive interessante notar durante o processo de reabilitação deles. Em março deste ano, a R3 realizou a soltura do primeiro grupo de Pinguins-de-Magalhães de 2021, resgatados no ano passado. Porém, um dos Pinguins teve um processo de recuperação mais longo e não pode ser solto com o grupo. Para que ele não se sentisse sozinho, a equipe da ONG acrescentou um espelho no recinto em que o animal estava alocado, e a partir daí sua evolução foi acelerada. Este é apenas um, dos diversos episódios emocionantes, que traduzem a responsabilidade e dedicação da R3 no cuidado animal.

Pinguins no Brasil

Os pinguins são criaturas leais e que sempre andam em bando.

Assim como o Pinguim App, a R3 tem como principal missão a valorização de todos os seres. E como os pinguins são animais gregários, que vivem em bandos, embarcaremos junto a ONG, para tratar de assuntos de conscientização e conservação da vida e do nosso planeta.

Vamos juntos nessa jornada? SAIBA COMO AJUDAR:

Além de redes irregulares que acabam capturando e ferindo acidentalmente muitos animais marinhos, mesmo não sendo o alvo da pescaria, outras fortes ameaças são a poluição e o lixo nos mares, que muitas vezes são ingeridos acidentalmente por esses animais.

Com o estômago repleto de lixo, o animal tem uma falsa sensação de saciedade e interrompe a alimentação, tornando-se frágil e suscetível a doenças e infecções secundárias. Por isso, leve sempre o seu lixo com você e descarte-o no local adequado

Caso encontre um animal marinho na praia, ligue gratuitamente para o PMP-BS (0800 642 3341).

Siga os perfis do Pinguim App e da R3 Animal no Instagram para acompanhar todo o nosso conteúdo.

App Pinguim

Instale o app e tenha a sua viagem - e a sua comunidade viajante - na palma da sua mão!

O Pinguim conecta viajantes a destinos e comunidades com interesses comuns para promover experiências únicas. No Pinguim, a gente viaja junto! Bora?