CARAÍVA: UM OÁSIS NO SUL DA BAHIA

A cidadezinha repleta de tranquilidade e belezas naturais foi visitada pela nossa pinguim Mylene Keiko. Confira sua jornada repleta de ótimas dicas por Caraíva!

A turma do Pinguim é apaixonada por viagens e sou uma delas. Hoje, venho compartilhar com vocês experiências incríveis que tive no litoral sul da Bahia: Caraíva .

Foram 2 anos sem entrar num avião e achava que já nem sabia mais me comportar num aeroporto. Mas, correu tudo bem e não passei vergonha.

Como viajar junto é muito mais divertido, fomos em 7 amigas passar uma semana na famosa Caraíva – um povoado dos mais antigos do Brasil.

A viagem à Caraíva

Como pertence ao município de Porto Seguro, o aeroporto de chegada é o de mesmo nome. É muito importante contratar serviço de transfer de uma empresa idônea e com referências.

O caminho até Caraíva tem um trecho considerável em estrada de terra. Vimos 2 ônibus e 1 Van quebrados no meio do caminho por falta de manutenção. #ficaadica

Como já tínhamos algumas referências de amigos que tinham ido para lá, nos disseram que comprar água em garrafinhas para levar, e deixar no quarto da pousada, era essencial. Um custo bem abaixo, que faz diferença (pelo menos para mim, que bebo uns 4 litros de água por dia).

São alguns quilômetros em estrada asfaltada e um belo pedaço em estrada de terra. O transfer nos deixa em Nova Caraíva e, dali se contrata, na hora, a canoa para fazer a travessia.

Do outro lado, caso queira o transporte de malas com charrete, é só negociar o valor na hora. Lembrando que todo o chão da cidade é de areia (não esquecer os chinelos e não levar salto), então, não dá para ir levando a mala na rodinha. Na volta, é só pedir para a pousada que eles solicitam o transporte. Importante: é só para bagagem. Não para pessoas.

Por ser tudo muito rústico, pensar em acessibilidade, para pessoas com necessidades específicas, ainda não está nos planos.

Existe a possibilidade de ir de lancha, direto de Arraial d’Ajuda para Caraíva. São 50 minutos. Mas, eu guardaria essa “verba” para fazer um passeio durante um dia, para conhecer Corumbau e a famosa e premiada Praia do Espelho, com suas falésias.

Como eu já contei acima, temos que atravessar o Rio Caraíva para chegar lá. São só 5 minutos, mas ter o Rio “beijando o mar”, nos faz ver um fenômeno lindo, todos os dias de maré mais baixa: o encontro dessas águas, que não se misturam.

 

Dicas de locais

Ainda sobre o Rio Caraíva, um passeio imperdível é descer o rio de boia. Um trajeto que dura mais de uma hora. Uma lancha acompanha o trajeto, que segue seu percurso natural e você vai desfrutando da natureza.

Outra experiência extraordinária é visitar o Centro Cultural Pataxó Porto do Boi. As recepções das pousadas indicam e tratam de tudo pois, para ir a locais mais distantes, é preciso ir de buggie (saem da frente da Igreja – carros são proibídos pelas ruas de areia da cidade).

caraíva

Ao chegar lá, recebemos orientação para tudo. Começando por ter que entrar já descalços para sentir a terra e sua energia. Eles nos deixam contemplar a adeia e começam a apresentação. Esse centro cultural de tradições indígenas, aprendemos sobre sua história, suas danças, comidas e medicinas (tudo muito natural). Na natureza encontramos a resposta para tudo. Eu fiz o banho de ervas e a pintura corporal (limitada a algumas regiões do corpo por conta da pandemia). A tinta é feita de carvão, açúcar e algumas gotas de água. Também dançamos, rezamos e nos conectamos. Saí de lá renovada.

Sobre os restaurantes de Caraíva, sem indicar algum específico para comer, é bom saber que tem valores semelhantes a São Paulo – mas, não o atendimento. Como tudo na Bahia, entre no clima e no tempo deles. Na hora certa seu pedido chega. Não adianta ter pressa.

Dica boa é ver o pôr do sol no ponto onde o Rio encontra o mar. É o local perfeito para apreciar o sol sumindo no mar e atrás de você, um degradê de cores incríveis no céu.

Para contempladores dos espetáculos da natureza, é bom usar algum aplicativo de localização e horários do nascer do sol e da lua. Surgem no mar como bolas de luz parecidas saídas de um filme.

caraíva

Por falar em aplicativos, vou falar de conexão. É bom preparar o repertório de assuntos e piadas. O caminho para Caraíva, saindo uns 10 minutos de Porto Seguro, é totalmente sem sinal de celular.

Em Caraíva, em alguns pontos e, se der sorte, funciona a operadora Vivo. Mas, as pousadas, a aldeia dos Pataxós, bares e restaurantes te dão sempre a senha. Se bem que, desconectar, naquele paraíso, me fez muito bem.

No Pinguim, você encontra ofertas de aéreo e hospedagem em Caraíva.

E, se precisarem de mais dicas, é só nos escrever.

 

App Pinguim

Instale o app e tenha a sua viagem - e a sua comunidade viajante - na palma da sua mão!

O Pinguim conecta viajantes a destinos e comunidades com interesses comuns para promover experiências únicas. No Pinguim, a gente viaja junto! Bora?