O que é Nomadismo Digital?


As viagens a negócio sempre foram uma modalidade importante para o turismo mundial. Mais conhecido como Turismo Corporativo, somente no Brasil, em 2019 este segmento movimentou R$ 75,9 bilhões. O número de viagens de negócios cresceram exponencialmente e muitas empresas entenderam que proporcionar uma boa viagem, mesmo que a trabalho, para os seus funcionários era um bom negócio, afinal: funcionário feliz = funcionário mais produtivo. E aquela velha história de que “não se deve misturar negócios e prazer”, caiu por terra.

Desde o início da pandemia do Covid-19 em 2020, o trabalho remoto, tele trabalho ou home office, ganhou força em diversas áreas ao redor do mundo. Este fato, combinado com a rápida digitalização de hábitos, desenvolveu muitos novos adeptos ao chamado Nomadismo Digital.

Mas afinal, o que é o Nomadismo Digital?

A definição de nomadismo não é nenhuma novidade. Na teoria, qualquer ser humano que não possui uma habitação fixa é considerado um nômade. E os mais primórdios povos já eram adeptos a este conceito. Fazer do mundo a sua casa é a filosofia de todo nômade.

O nomadismo digital segue o mesmo princípio. Sabe aquele sonho de viajar o mundo quando se aposentar? Ou tirar um sabático para conhecer outros países e culturas? No nomadismo digital você pode fazer tudo isso enquanto trabalha!

Mais que uma modalidade do turismo, o nomadismo digital é um estilo de vida. Os ‘seguidores’ deste estilo conciliam o seu trabalho com a oportunidade de conhecer diferentes lugares pelo mundo. Claro que nem toda profissão e/ou cargo permite que isso seja possível. Mas para muitos profissionais, este não é um ‘sonho impossível’.

O que precisa para se tornar um nômade digital? 

Em primeiro lugar: liberdade. O seu trabalho deve permitir que você tenha liberdade e flexibilidade para exercer a sua função de qualquer lugar do mundo e em qualquer fuso-horário. Mas se isso não é problema para você, o segundo passo é um bom planejamento.

Independente se você vai viajar a lazer ou a negócios, planejar a sua viagem é sempre uma das partes mais importantes. Saber sobre o destino que você vai visitar, conhecer sobre a sua acomodação, e etc, é fundamental para ter uma viagem mais tranquila. Inclusive, você pode utilizar o app do Pinguim para ver as avaliações que outros usuários fizeram sobre algum destino e aproveitar para pegar dicas daquele local.

No planejamento do nômade digital, é importante que ele sempre escolha hospedagens com internet, lugares onde haja uma boa conexão de celular e um espaço confortável para trabalhar, além, é claro de um bom planejamento financeiro e organizacional para que você possa aproveitar ao máximo a sua passagem naquele destino.

Vantagens e desvantagens

A Ghost Writer e Jornalista, Larissa Coldibeli, uma das pessoas que decidiu conciliar o trabalho com a vontade de explorar o mundo, explica quais são as principais vantagens e desvantagens do nomadismo digital.

“A principal vantagem é a liberdade de poder escolher onde você quer estar. Na verdade, não é sobre vantagens e desvantagens, mas sobre estilo. Para ser nômade, você tem que gostar da liberdade, de não ter muita rotina, de conhecer pessoas e lugares novos o tempo todo”, explica Larissa.

“Quando você se acostuma com um lugar, quando passa a ter restaurantes preferidos, é hora de partir para o próximo destino. É nunca se acostumar com a cama, com o travesseiro e com o chuveiro, mas ter paisagens lindas e diferentes a cada dia. Precisa gostar de novidade e ser bom de improviso para lidar com os imprevistos do dia a dia. Eu amo e não quero seguir outra vida!”, finalizou.

E aí, ficou interessado em mudar o estilo de vida? Que tal encontrar alguém para se jogar no nomadismo com você? No Pinguim App você encontra diversos outros usuários buscando companhia para viajar. Além , é claro, de dicas e ofertas exclusivas para você. Baixe agora e comece a explorar.

App Pinguim

Instale o app e tenha a sua viagem - e a sua comunidade viajante - na palma da sua mão!

O Pinguim conecta viajantes a destinos e comunidades com interesses comuns para promover experiências únicas. No Pinguim, a gente viaja junto! Bora?